COP 25: Portugal ocupa o 25.º lugar no Índice de Desempenho das Alterações Climáticas

O Índice CCPI 2020 (Climate Change Performance Índex) divulgado recentemente na cimeira do clima (COP25), revela que Portugal está no 25.º lugar, o que corresponde a um desempenho médio, destacando-se pela positiva em relação às políticas climáticas.

Ainda que Portugal ocupe o 25.º lugar,  na prática a sua posição 22.º lugar, porque os primeiros três lugares do pódio permanecem vazios por ainda nenhum país se encontrar num caminho compatível com as metas do Acordo de Paris. Trata-se da “pior classificação de sempre” para o país.

Na categoria de emissões com gases com efeito de estufa, Portugal tem uma classificação muito baixa especialmente pelo aumento das emissões entre 2012 e 2017 (no ano passado reduziu 9% as emissões de dióxido de carbono, a maior redução da União Europeia).

“O ambiente geral ambicioso e o bem classificado desempenho nacional em políticas ambientais também se traduz a nível internacional. Especialistas elogiam Portugal por defender uma ação climática ambiciosa, como recentemente no contexto do aumento da ambição para 2030 e 2050 a nível da União Europeia. Pela sua política climática internacional o país é classificado muito alto”, diz também o documento.

O Índice avalia e compara o desempenho e a política climática de 57 países e da União Europeia, que são responsáveis por mais de 90% das emissões globais de gases de efeito estufa.

O CCPI é da responsabilidade da Rede Internacional de Ação Climática, da organização não-governamental de ambiente Germanwatch e do NewClimate Institute. Destina-se a aumentar a transparência do desempenho e das políticas climáticas internacionais.

X