Glifosato autorizado por mais 18 meses na União Europeia

A Comissão Europeia autorizou, no passado mês de junho, o uso de glifosato até ao final de Dezembro de 2017, na condição de ser efetuada uma nova avaliação sobre a exposição das pessoas ao herbicida.

Durante os próximos 18 meses, a Agência Europeia de Produtos Químicos (Echa) será a responsável pela classificação das substâncias químicas e irá avaliar se a exposição ao glifosato provoca ou não cancro, como tem sido debatido.

Esta decisão surgiu pela incapacidade de atingir um acordo entre os Estados-membros sobre este assunto ou sequer uma maioria suficiente, apesar das negociações e discussões intensas.

O glifosato é a substância mais usada no mundo para queimar ervas daninhas em espaços agrícolas e em espaços urbanos e caminhos, e o seu uso foi autorizado na União Europeia em 2002. Desde 2012 que a renovação da licença estava sob avaliação.

X