Leiria, Fundão e Amarante lideram redes no Programa Urbact

Ao longo dos próximos dois anos,  Leiria, Fundão e Amarante, municípios candidatos ao Programa ECOXXI 2020, a par da região de Coimbra, vão liderar redes de cidades europeias em projetos de partilha e troca de soluções urbanas ao abrigo do programa Urbact.

Portugal vai estar representado em 19 dos 23 projetos aprovados pelo comité de monitorização Urbact para os próximos dois anos. Ao abrigo do programa europeu de desenvolvimento e partilha de boas práticas urbanas, as cidades que integram as recém aprovadas redes de planeamento de ação vão ser “encorajadas” a implementar ações piloto “para experimentarem novas ideias, alinhadas com o tópico da rede”, esclarece o programa europeu.

Leiria, Fundão, Amarante e a região de Coimbra vão liderar redes nas áreas da Internet das Coisas (IoT), da segurança urbana e prevenção de segregação, do desenvolvimento económico local sustentável e para a criação de redes de ligações alimentares, facilitando as ligações entre áreas urbanas e rurais.

Para além das Cidades Líder, a presença de municípios, áreas metropolitanas e comunidades intermunicipais portuguesas estende-se a 19 das 23 redes de cidades aprovadas. Entre outros municípios, Bragança, Braga, Santo Tirso, Nazaré e Vila Nova de Famalicão, candidatos ao Programa ECOXXI 2020, vão integrar redes de cidades europeias em áreas distintas. As cidades de Braga e do Fundão participam, cada uma, em duas redes de planeamento de ação.

X