Loures e Ourém entre os novos membros da Rede Global de Cidades da Aprendizagem da UNESCO

A Rede Global de Cidades da Aprendizagem da UNESCO conta a partir do mês de setembro, com três novos membros portugueses, dois dos quais – Loures e Ourém -, candidatos ao Programa ECOXXI 2020. A admissão destes municípios decorreu da reconhecida qualidade do trabalho desenvolvimento ao nível da promoção da educação ao longo da vida, a nível local.

A adesão a esta rede implica um compromisso continuado de investimento na educação contínua, para desenvolvimento de cidades “inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis, na linha da Agenda 2030 das Nações Unidas. São cidades que revitalizam a aprendizagem nas famílias e no local de trabalho, melhoram a qualidade e a excelência na aprendizagem  fomentam uma cultura de aprendizagem ao longo da vida.

Atualmente, 230 cidades de 64 países – entre as quais 11 cidades portuguesas, cuja criação foi aprovada em 2013, na Declaração de Pequim sobre “Aprendizagem ao Longo da Vida para todos: promover a inclusão, a prosperidade e a sustentabilidade nas suas cidades”. Cascais, Anadia, Setúbal e Cantanhede, são outros dos municípios reconhecidos como ECOXXI que já integram esta rede.

Leia a notícia completa aqui

X