Os municípios estão cada vez mais sustentáveis

O Índice médio anual tem vindo evoluir de forma crescente de ano para ano. Em 2018, a média dos candidatos obteve um Índice ECOXXI de 65% (mais 3 pontos percentuais face ao ano anterior).

Em 2018, foram 6 os municípios que registaram as evoluções mais significativas face a 2017, ou seja, obtiveram uma variação de pontuação entre 2017 e 2018, superior a 10% – Vila do Bispo, Madalena, Tábua, Tarouca, Póvoa de Varzim e Funchal. Ainda que não integrem o grupo dos municípios mais sustentáveis, com pontuações iguais ou superiores a 80%, estes municípios têm vindo a registar práticas cada vez mais sustentáveis, que se refletem na pontuação obtida.

Na edição de 2018, candidataram-se ao Programa ECOXXI, 50 municípios de todas as regiões do país, incluindo as Regiões Autónomas da Madeira e Açores.

O Programa aponta caminhos e sublinha boas práticas, valorizando e premiando aspetos diferenciadores e ao mesmo tempo, assumindo as especificidades (geográficas, sociais, culturais, económicas) próprias de cada município.

Através de um conjunto de 21 indicadores de sustentabilidade local, o Programa reconhece o esforço desenvolvido pelos municípios de todo o país, quer sejam rurais, costeiros, urbanos ou do interior, na implementação de medidas com especial ênfase na educação, qualidade ambiental, território e desenvolvimento social.

Saiba mais sobre a edição de 2018 AQUI

X