Portugal está longe das metas de reciclagem para 2020

Alcançar os objetivos de reciclagem para 2020 é talvez o maior dos desafios do novo PERSU 2020. 

Portugal está longe das metas de reciclagem para 2020, ficando nos 29% quando o objetivo é 50%, como acontece na redução de lixo produzido, sem conseguir os resultados esperados, apesar dos esforços, revela o relatório “Resíduos Urbanos 2014”. O documento, disponível no site da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), revela que, “embora nos últimos anos tenha sido feito um esforço considerável na modernização dos equipamentos de triagem e no reforço das redes de recolha seletiva, o país está longe de alcançar os objetivos de reciclagem para 2020”, explica a agência Lusa.

As metas para Portugal, nesta área, são fixadas em diretiva europeia e apontam para 2020 um aumento mínimo de 50% em peso, relativamente à preparação para reutilização e reciclagem do lixo, incluindo papel, cartão, plástico, vidro, metal, madeira e materiais biodegradáveis. A taxa de reciclagem em 2014 não foi além de 29%, “bastante aquém da meta definida para 2020”, salienta a APA, realçando que “o curto intervalo de tempo até que a meta seja aplicável exigirá um esforço considerável”.

Veja a notícia completa aqui

X